Foto: Tatá Cardoso
Foto: Tatá Cardoso

Um dia um grande amigo me disse que uns dos meus maiores talentos é a capacidade de reunir pessoas.
Penso que chegou o momento de organizar os motivos, as maneiras e os desejos para estes encontros.

Pares para dançar, para trabalhar, para existir, resistir…

O mundo todo é uma vida em potência! Penso que encontrar pares fortalece a vida e são nossos corpos que se encontram, com suas mutações de texturas e contornos, maneiras de existir, de contatar, de sustentar o presente.
Mover Espaços começa por trazer vivências e práticas para o encontro destes corpos, a partir das minhas pesquisas ao longo dos anos – que não excluem minhas experiências com as ciências da Terapia Ocupacional, da arte-terapia – com as técnicas de dança com as quais inicialmente me envolvi, como a do Jazz Dance e do Ballet Clássico e com as pessoas que este contexto me fez conhecer.
Mas é no campo da Eutonia, do Contato Improvisação, da Dança Contemporânea e suas interlocuções com as relações entre pessoas que hoje me debruço, estudo e compartilho nos espaços que convivo, trabalho e atuo bem como nos lugares que desconheço e posso compartilhar.
Os cursos, aulas e workshops do Mover Espaços são antes de tudo um exercício de organização de ideias e práticas sobre o corpo e suas relações, sobre o corpo que dança ou quer dançar, sobre o corpo que dança e deseja compartilhar deste fazer com o outro, sobre o movimento e os processos de cura e transformações pessoais que dele possam vir. A Eutonia me ampliou os caminhos de pesquisa e o campo do conhecimento que ampara este trajeto. O Contato Improvisação me aguça os sentidos e minha intuição o carrega no colo como mais uma ponte de conhecimento sobre mim e o outro, sobre a arte de dançar, sobre as potências de transformações sociais que eu acredito estarem imbricadas neste caminho, estes processos alimentam o movimento contemporâneo para mim.
Promover o encontro de pessoas, conhecê-las, sentir e tocar suas pesquisas, também é um caminho e desejo pessoal. Gerar espaços para conversas, trocas de saberes, laboratórios práticos é o intuito e o Mover Espaços uma plataforma para organizar tudo isso e informar, sugerir ou expressar. Alguns encontros já estão sendo traçados para 2019 e alguns já aconteceram de janeiro até aqui. Nos meses de 2017 e 2018, workshops de Eutonia e Laboratórios de Contato Improvisação aconteceram em Lorena e cidades da região, performances de dança saíram das salas e teatros e foram para espaços públicos, instituições artísticas e educativas, nosso fazer se moveu.
Toda esta ideia se inicia com a criação do Espaço Expressão em 2003 e com a Espaço E. Cia de Dança, fruto de seu desdobramento. E é por isso que este site também abrigará os ícones para as plataformas de informativos do Espaço Expressão, que é uma casa artística situada na cidade de Lorena e da Espaço E. Cia de Dança, grupo de bailarinos e artistas do Vale do Paraíba que desde 2010 se apresenta com trabalhos criados a partir das pesquisas que andam em paralelo com os meus estudos (principalmente a entrada da Eutonia), garantindo também as interlocuções entre todo o elenco, que é composto por figuras interessantes e vindas de diversas áreas, não somente do universo da dança.

“A Eutonia me ampliou os caminhos de pesquisa e o campo do conhecimento que ampara este trajeto.”

O Mover Espaços é mais um passo dado que pode ampliar as práticas e compartilhamentos de todos estes fazeres sobretudo informando e refletindo sobre a prática terapêutica que a Eutonia também propõe, não somente seu uso no âmbito artístico.
Este Blog é, inicialmente, um lugar de exercício da escrita, que está aprendendo a bailar também. Aqui, sempre que possível, escritos sobre os conteúdos de pesquisas dos workshops ou impressões sobre eventos, que estão acontecendo a partir do mover, se darão.
Este site é mais uma casa, um lugar virtual de encontro… mais um espaço de encontro em exercício, um laboratório, também um exercício de presença!

Sejam bem-vindos ao Blog do Mover Espaços, vamos sentindo,
no contato como esta dança se dará!

*Meus agradecimentos especiais à Pamela Prudente, artista principal deste site, por toda a paciência e delicadeza para conduzir os passos de sua criação e agora do seu andamento. Ao Alex Félix e Tiago Cfer que sempre me auxiliaram nos caminhos da escrita e da vida. A todos os amigos, familiares e professores, companheiros nos espaços por onde andei…

Por Layla